Dicas para quem quer escrever – Oficina de escritores – IV

Dicas para quem quer escrever – Oficina de escritores – IV

As quatro disciplinas para quem quer escrever

 

Enfim, chegamos à quarta disciplina apontada por Stephen Koch em seu livro ”Oficina de escritores” (se você quiser ler sobre as três primeiras, clique aqui: DICAS… I, DICAS… II, DICAS… III).

 

E a quarta disciplina para quem quer escrever nada mais é do que simplesmente… ESCREVER. Ou seja, quem quer escrever precisa escrever! “Constantemente. Obsessivamente”, segundo Koch.

 

Então, vamos à disciplina da…

 

ESCRITA

 

Dessa parte do capítulo, queremos destacar as seguintes afirmações do autor:

  • A primeira é a de que a escrita é que gera inspiração e não o contrário.

 

A produção abundante é que leva à abundância de inspiração. Este parece ser um fator fundamental a ser reconhecido, aceito e aplicado na rotina de quem quer que tenha interesse por escrever ou mesmo que precise fazer isso.

 

Portanto, dica nossa: tenha sempre um caderno ou caderneta com você e não poupe canetas. Para os mais tecnológicos, ande sempre com aquele seu equipamento e faça registros sempre.

 

  • Logo em seguida, Koch fala dos dois piores inimigos da produtividade, que, segundo ele, são: “(…) a má administração do tempo e a indevida vulnerabilidade diante da autocrítica e da dúvida em relação a si mesmo”.

 

O autor aconselha que essas coisas sejam enfrentadas com firmeza e, nesse contexto, cita o escritor Paul Johnson: “Um mau romance é melhor que um romance não escrito, pois o mau romance pode ser melhorado; já o romance não escrito é derrota sem batalha”.

 

  • Koch continua seu texto dizendo que é preciso cultivar o que quer que seja útil para perseverar na escrita e que muitas vezes essa “musa” do ato de escrever aparece sob a máscara do prazo. “É uma pena”, continua, “que não haja um número maior de escritores de ficção submetidos ao prazo”, dando a indicação de que pouco se escreve e se publica hoje em dia.

 

 

  • Por fim, ele menciona que muitos mentores ou mestres da escrita recomendam um contagem diária de palavras escritas. Isso pode ficar entre 350 e 1800 palavras disciplinadamente escritas todos os dias.

 

Obviamente tal método não funcionará para todo mundo. O mais importante a reter daqui é que é preciso escrever, escrever, escrever sem cessar.

 

Segundo Tchekov: “Escreva sobre todos os assuntos, engraçados ou tristes, bons ou maus… Escreva uma história de um só jorro…”.

 

“Será a produtividade o caminho para a confiança.”

Stephen Koch

 

Coincidindo com a publicação desta quarta disciplina para quem quer escrever – e coincidindo especialmente com esta disciplina! – a Entretexto está preparando esta semana a segunda edição do LAB10, uma oficina de escrita on line, que tem como objetivo reunir um grupo de dez pessoas interessadas em escrever durante 10 semanas, compartilhando seus textos e experiências.

 

Em breve, todas as informações serão divulgadas.

 

 

Se você tem interesse em participar, acompanhe as notícias por aqui, em nossa página no facebook (AQUI) ou no perfil do instagram (AQUI). Você também pode assinar o site para receber nossa programação.

 

Bons escritos para todos e todas!

 

Obra de referência deste artigo: Oficina de escritores, um manual para a arte da ficção, Stephen Koch, Martins Fontes, 2009.

 

 

Sem Comentários

Compartilhe conosco suas ideias...