Certo dia, um sábio, percebendo uma grande inquietação na aldeia, chamou a todos para transmitir um ensinamento.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ele estendeu uma esteira no chão e colocou sobre ela três vasilhas de barro vazias. Depois despejou na da direita água quente, a 100°, borbulhante. Em seguida, foi até o riacho e de lá trouxe água bem gelada, a quase 0°, que entornou na vasilha da esquerda. Por fim, despejou na vasilha do meio água quente e fria em partes iguais.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Um jovem muito curioso quis saber o que ele estava fazendo. Então, o sábio pediu que ele se aproximasse das vasilhas e ordenou que colocasse a mão direita na água quente e a esquerda na água gelada. Depois de alguns instantes mandou que o jovem retirasse as mãos de onde estavam e as colocasse na vasilha do meio.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O sábio perguntou então o que ele estava sentindo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Surpreso, o jovem respondeu:
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Na minha mão direita estou sentindo frio. Na esquerda, calor.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Todos entenderam que a sensação de quente ou frio não dependia da água da vasilha, mas de como estavam as mãos anteriormente. A água da vasilha do meio era exatamente a mesma.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Vale pensar: como estão as suas sensações no momento? Elas contam mais de você mesma/mesmo do que das situações externas. Cuide-se bem!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

× Como posso te ajudar?